InícioNotíciasMercado imobiliário: o que podemos esperar do futuro?

Mercado imobiliário: o que podemos esperar do futuro?

Mercado imobiliário: o que podemos esperar do futuro?

A procura imobiliária parece já ter iniciado a recuperação, ainda tímida, mas com uma crescente procura principalmente para imóveis novos. O cenário é avançado pela consultora internacional Colliers.

 

De acordo com as estimativas, o investimento no setor imobiliário passará por uma forte recuperação em todo o mundo, a partir do segundo semestre.

 

Apesar de ser impossível prever com rigor a evolução das transações de ativos comerciais devido à natureza mutável da crise da COVID-19, a Colliers acredita que existem algumas razões para otimismo, embora com algumas cautelas. O modelo da consultora prevê assim uma recuperação significativa no segundo semestre de 2020, após uma curta recessão, devido ao confinamento. A recuperação deverá ser progressiva ao longo de todo o ano de 2021.

 

No caso Português, pelo facto do país ter tomado medidas de contenção da pandemia numa fase inicial da disseminação do vírus, poderá colocar Portugal numa posição mais vantajosa para sair mais rapidamente da crise e retomar a atividade.

 

Em todo o caso, há 5 tendências que parecem ser mais ou menos consensuais:

 1. Impulso dos canais digitais para continuar a estabelecer contacto permanente entre consultores imobiliários e clientes, através da digitalização dos processos, e que deverá manter-se e aperfeiçoar-se.

 2. Imagem positiva de Portugal será fator-chave para a recuperação. Atualmente a perceção internacional de Portugal é extremamente positiva.

 3. A normalidade por que todos ansiamos só deverá ser atingida quando a indústria do turismo recuperar parte significativa do seu dinamismo e sustentabilidade.

 4. A recuperação deverá mais rápida e eficaz do que em crises anteriores porque as empresas, e principalmente a banca, estão hoje mais preparadas para uma crise desta dimensão.

 5. O confinamento conduzirá a um aumento no número de compradores que, ao verificarem pontos menos favoráveis nas suas habitações atuais, vão procurar novas alternativas para residência.