InícioNotíciasTipos de máscara: como evitar embaciamento de lentes e outras dicas de utilização

Tipos de máscara: como evitar embaciamento de lentes e outras dicas de utilização

Tipos de máscara: como evitar embaciamento de lentes e outras dicas de utilização

A Direção-Geral da Saúde (DGS) passou a recomendar o uso de máscara. Com o fim do estado de emergência anunciado, a partir do dia 4 de maio alguns estabelecimentos comerciais passarão a estar abertos ao público, razão pela qual é necessário manter medidas preventivas contra a COVID-19.

No entanto, para quem usa óculos a máscara pode tornar-se um acessório bastante desconfortável, isto porque existe uma grande tendência para que estes fiquem embaciados. 

Apesar de ser um problema comum a todos os tipos de óculos, é mais propício em óculos com armação sem ser de arame, porque criam um espaço mais fechado que faz com que as lentes ganhem humidade. Ao respirar com uma máscara, o ar não vai para a frente e tende a sair também pelo topo da máscara.

O truque mais fácil é afastar um pouco os óculos dos olhos. Isto funciona porque cria mais espaço para a passagem de ar ao utilizar uma máscara. No entanto, há uma solução mais eficaz para o problema: antes de se por os óculos, com a máscara já colocada, passe sabão nas lentes e, depois, limpe suavemente com um pano. 

E agora que já conhece a dica fique a saber que tipo de máscaras existem ao seu dispor:

  • Máscara de esponja
    Não têm qualquer efeito de proteção.
  • Máscara de tecido
    São as recomendadas pela DGS para utilização comunitária. Quantas mais camadas possuem, mais reduzem a exposição das outras pessoas às gotículas expelidas por quem a está a utilizar. No entanto, é bom relembrar que o uso destas máscaras exige que a distância social continue a ser respeitada.
  • Máscara com filtro de carbono ativado
    Populares contra a poluição, são eficazes na filtragem de pó mas não oferecem a melhor proteção contra vírus.
  • Máscara cirúrgica
    Oferecem um nível considerável de proteção quando usadas e descartadas corretamente. No entanto, devido à escassez deste tipo de material, é recomendado que seja utilizado apenas por profissionais de saúde.
  • Respirador FFP3
    Filtra cerca de 99% das partículas que circulam no ar, incluindo as mais pequenas, sendo as que oferecem o nível mais elevado de proteção.

Em todo o caso, independentemente do tipo de máscara escolhido, é fundamental saber utilizá-la bem, para os riscos não serem ainda maiores para quem as usa. Também é importante manter hábitos de higiene das mãos, respeitar distâncias de segurança e evitar aglomerações, sobretudo em espaços fechados.