InícioNotíciasCrédito bancário em alta: bom momento para comprar casa com recurso a financiamento

Crédito bancário em alta: bom momento para comprar casa com recurso a financiamento

Crédito bancário em alta: bom momento para comprar casa com recurso a financiamento

Segundo a Associação dos Industriais da Construção Civil e Obras Públicas (AICCOPN), em 2019, o montante global de crédito concedido para a habitação superou valores atingidos ao longo da última década, tendo apresentado um crescimento de 8,1%. Os bancos concederam um total de 10,63 mil milhões de euros, o que corresponde a um novo máximo dos últimos dez anos. De acordo com a AICCOPN é necessário recuar até 2008 para se encontrar um ano com maior volume de crédito à habitação concedido.

 

A mesma associação refere ainda que na área metropolitana do Porto, o número de fogos licenciados em construções novas em 2019 totalizou 4.270, o que se traduz num aumento de 29,1% face aos 3.308 alojamentos licenciados em 2018. No que diz respeito à avaliação bancária na habitação nesta região verificou-se, em dezembro, um aumento em termos homólogos de 10,4% para 1.330 euros por metro quadrado.

 

Construção de imóveis novos em alta

De acordo com as previsões da Federação da Indústria da Construção, a Fepicop, o volume de produção do segmento residencial deverá ter rondado em 2019 os 3,8 mil milhões de euros, após um crescimento de 12% em termos reais, face ao ano anterior. Contrariamente às estimativas apresentadas para os anos anteriores, em 2019 as novas construções deverão ter assumido o papel mais dinâmico deste segmento, evoluindo a uma taxa de 14% em termos reais e registando um volume de produção próximo dos 2,3 mil milhões de euros.

 

De acordo com a DECO, a descida das taxas de juro do crédito à habitação, a baixa remuneração dos depósitos a prazo e de outros produtos de capital garantido e o aumento do investimento estrangeiro (motivado pelos vistos gold e pelo regime fiscal para residentes não habituais) estão a impulsionar a procura para a compra de casa.

 

Por sua vez, a taxa de juro implícita no conjunto dos contratos de crédito à habitação desceu para 1,000% em janeiro, caindo pelo sexto mês consecutivo, segundo dados do Instituto Nacional de Estatísticas (INE) divulgados em janeiro.

 

Nesta perspetiva, se procura adquirir um imóvel com recurso a financiamento bancário este é um bom momento para o fazer, beneficiando das condições favoráveis para o efeito.

 

A Chave Nova é PME Líder há 3 anos e, nesse contexto, como Intermediário de Crédito apresenta sempre as melhores soluções de financiamento do mercado aos seus clientes. Tem dúvidas ou pretende esclarecimento específico? Contacte-nos!